quarta-feira, 4 de novembro de 2009

"Vou-me embora pra Pasárgada" (Manuel Bandeira)

Lua nova

Hoje mais uma vez eu vi a lua.
Vi-a como se a nós visse
Vi-a como naquela noite longa
De muitos milênios atrás

Hoje mais uma vez a vi
Novamente plena, lua branca
Vi-a aparecer como lembrança
De algo que há muito esqueci

Vi na lua clara, como espelho
Reflexos de um tempo adormecido
Das coisas que poderiam ter sido
Foram? Creio que não sei mais

Vi-a, novamente linda
Novamente bela, tão bela...
Meus olhos não ousaram baixar
Para não ver o vazio de estar ali.

Carolina Zuppo Abed

2 comentários:

Raoni Moura e Carolina Zuppo Abed disse...

lua nua ana luana... fica a dica!!

Bruno Barrio disse...

gostei muito!
tem que escrever mais.
tem que fazer um livro
inteiro.

beijos